Acrópole, Ágora Antiga, Kerameikos

Trip Start Aug 12, 2012
1
2
6
Trip End Aug 23, 2012


Loading Map
Map your own trip!
Map Options
Show trip route
Hide lines
shadow
Where I stayed
What I did
Acropolis (Akropolis) Athens
Read my review - 5/5 stars
Agora Athens
Read my review - 4/5 stars
Erechtheion Athens
Read my review - 5/5 stars
Parthenon (Parthenonas) Athens
Read my review - 5/5 stars
Temple of Athena Nike Athens
Read my review - 4/5 stars
Temple of Hephaestus Athens
Read my review - 5/5 stars

Flag of Greece  , Attica,
Monday, August 13, 2012

Chegámos a Atenas às 05:30, assim que saímos do aeroporto para a rua deu logo para sentir a temperatura ateniense, estava um "bafo" muito quente àquela hora da manhã.

Fomos de táxi para Atenas, para o Hotel Apollo. Como mencionava nos sites, o custo do táxi do aeroporto para Atenas foi de 35,00€, mas nós pagámos quase 40,00€, devido a termos pago a portagem. O taxista era muito simpático, deu logo um mapa ao Rui e uns folhetos de Atenas, e foi-nos fazendo uma primeira abordagem sobre o que gregos pensam da política actual e da U.E.

Depois de termos deixado as maletas no átrio do hotel, fomos tomar o pequeno-almoço no café em frente ao hotel.

Conforme estava programado, fomos apanhar o metro para ir visitar a Acrópole. Em Atenas, uma viagem de metro custa 1,40€ e o meio bilhete 0,70€, que foi o que o Diogo pagou, e o bilhete dá para 90min, a maior parte dos atenienses dão o seu bilhete a outras pessoas quando saem do metro para que essas o possam utilizar.
Chegámos à Acrópole uns minutos antes das 08:00, mas como abre a esta hora, não tivemos de esperar muito, ainda bem que fomos cedo, assim não havia tantas pessoas, nem sofremos tanto com o calor.




O bilhete da Acrópole custa 12,00€ (mas o Diogo não pagou nada), e dá direito a visitar a Ágora Antiga, o Cemitério Kerameikos, a Ágora Romana, a Biblioteca de Adriano e o Templo de Zeus.

A Acrópole é de facto grandiosa, como entrámos pela entrada sul, primeiro vimos o Teatro de Dionísio, que se localiza na encosta sul e data do século IV a.C., este teatro é o berço da tragédia grega e foi o primeiro a ser feito de pedra. As ruínas de hoje pertencem a uma estrutura mais ampla, construída pelos romanos e com 17000 lugares sentados, foi usado para espectáculos de gladiadores.

Por cima do teatro, há uma gruta consagrada à deusa Artemis, convertida em capela no período bizantino e dedicada a Panagia Spiliotissa (Nossa Senhora da Gruta), era aqui que as mães traziam os seus filhos quando estavam doentes na esperança dos curar. Mas, infelizmente não deu para visitar devido a estar a ser restaurada.
Passámos pelo Santuário de Asclépio e Stoa de Eumenes, até chegara ao Teatro de Herodes Ático, construído em 161 e restaurado em 1955, ainda hoje é cenário de muitos concertos ao ar livre. O teatro chegou a ser coberto de madeira de cedro, o que lhe dava uma excelente acústica e permitia a realização de espectáculos, em quaisquer condições climatéricas.

A seguir, entrámos pelo Propileu, que foi construído em 437-432 a.C., para ser a nova entrada da Acrópole. O arquitecto Mnesikles criou um edifício, admirado em todo o mundo antigo. E construído por uma construção rectangular central dividida por uma parede em dois edificios laterais. Estes continham cinco portas de entrada, filas de colunas jónicas e dóricas e um vestíbulo com tecto azul decorado com estrelas douradas.
Do lado direito do Propileu, situa-se o Templo de Atena-Nike (Vitória), foi erigido cerca de 420 a.C. Este pequeno templo foi construído para comemorar as vitórias dos atenienses sobre os persas. Foi usado como posto de observação e santuário da deusa da Vitória, Atena. Diz a lenda, que foi daqui que o rei Egeu se lançou ao mar, crendo que o filho Teseu fora morto em Creta pelo minotauro. Este templo tem 4 colunas jónicas de 4 metros de altura em cada pórtico.

Após passarmos a entrada do Propileu, fica o Erectéion e o Parténon. O Erectéion foi o templo que mais gostámos, tem um dos highlights da Acrópole, o Pórtico das Cáriatides, as esculturas originais encontram-se cinco no Museu da Acrópole e uma no Museu Britânico. Foi construído ente 421 e 406 a.C., e situa-se na zona mais sagrada da Acrópole. Famoso pela sua elegante e elaborada arquitectura jónica, e pelas colunas com formas de mulheres.
O Parténon revelou-se um bocado numa desilusão, uma vez que estão em curso obras de restauro, devendo estar concluídas em 2013. Começou a ser construído em 447 a.C. Foi concebido para receber a estátua da Atena Parthenos (Donzela). O templo que levou 9 anos a completar seria dedicado à deusa em 438 a.C. Embora restem poucas esculturas, algumas podem ainda ser admiradas, como as do frontão leste e oeste.
Saímos da Acrópole pela Porta do Beulé, que foi a primeira entrada para a Acrópole.

Quando saímos da Acrópole passámos no Areópago, daqui pode-se disfrutar uma vista magnífica para Atenas e para a Acrópole.
Fomos então visitar a Ágora Antiga, que foi o coração político da cidade a partir de 600 a.C. Sócrates foi encarcerado e executado na prisão aqui existente em 399 a.C. Aqui, visitámos a Stoa de Átalo, que é um edifício em colunata, que foi reconstruído em 1953 e 1956.
Passámos no jardim onde se encontra a Estátua de Adriano, que data do séc. II. Adriano foi imperador de Roma de 117 a 138 e Atenas vivia sob a sua autoridade. Fomos ao Templo Hephaisteion que está em muito bom estado de conservação, é o mais bem conservado, data de 449-440 a.C.

Quando saímos da Ágora, decidimos ir beber qualquer coisa. Assim, que saímos vimos na praça  uma esplanada muito confortável, com uns sofás, ventoinhas e o sistema de deitar "chuviscos" que nos deixou logo entusiasmados, pois precisávamos mesmo de descansar. Acabámos por almoçar aí, eu bebi um cappuccino gelado, que passou a ser a minha bebida de eleição, e um Kebab grelhado, que até estava muito bom. O Diogo bebeu uma pepsi e comeu um hambúrguer no prato, a Guida comeu uma salada grega e o Rui uma sandwich club com cerveja. Para o almoço que foi, até que foi "carote", cerca de 25,00€ para dois.

Quando acabámos de almoçar fomos visitar o Kerameikos, que é um antigo cemitério que funciona desde o séc. XII a.C. A escultura mais bonita é um dos highlights, a Estela de Demétria e Pânfila, é uma escultura que mostra Pânfila sentada com a irmã Demétria por trás dela. 
Não conseguimos visitar o cemitério todo ao pormenor, porque estava um calor intenso, e como não tinhamos dormido praticamente nada no avião, já nos estávamos a arrastar.
Como tudo o que nos faltava ver com o bilhete da Acrópole, fechava às 15:00, decidimos ver noutro dia, quando regressássemos do Tour de 3 dias por Delfos e Metéora, e irmos descansar um pouco para o hotel e ver o estado das nossas bagagens (uma vez que tinhamos ficado desconfiados destas terem ficado no átrio).
Finalmente, chegámos ao Hotel Apolo, as nossas maletas estavam muito bem tratadas e fomos descansar. Dos nossos quartos temos vista para a Acrópole.

Após termos descansado, fomos passear para a zona de Plaka, que é uma das zonas mais movimentadas e animadas de Atenas. 
Aí, visitámos a pequena igreja do séc. XII, Panagia Gorgoepikoos, também chamada Pequena Catedral, na altura estava a realizar-se uma cerimónia, com os cânticos ortodoxos. Esta pequena igreja mede 7,5m de comprimento por 12m de largura. A dimensão da igreja é proporcional à de Atenas, quando esta era apenas uma aldeia no séc.XII. O exterior é uma combinação dos estilos clássico e bizantino. Para mim, é um dos Highlights de Atenas.
 
Vimos também a Mitrópoli, a catedral de Atenas, construída na segunda metade do séc. XII, encontra-se em restauro, pelo que não pudemos observar todo o seu esplendor.

Fomos então jantar a uma Taverna, Hermion, comemos muito bem, de entrada comemos Moussaka, e de prato principal eu e o Diogo comemos umas carnes grelhadas com pão pita, e a Guida e o Rui comeram borrego numa caçarola, que estava muito apetitoso. Estava tudo muito bom, e pagámos também muito bem, cerca de 95,00€.

Quando saímos do restaurante, ainda passeámos pelas ruas de Plaka, passámos na Ágora Romana e na Biblioteca de Adriano, que de noite é lindíssimo, e na praça Monastiraki onde estava um grupo a dançar Hip-Hop.
Finalmente, fomos para o Hotel dormir, que amanhã inicia-se o nosso tour e temos de nos levantar muito cedo.

Post your own travel photos for friends and family More Pictures

Slideshow Report as Spam

My Reviews Of The Places I've Seen



Loading Reviews
  • Your comment has been posted. Click here or reload this page to see it below.

  • Please enter a comment.
  • Please provide your name.
  • Please avoid using symbols in your name.
  • This name is a bit long. Please shorten it, or avoid special characters.
  • Please enter your email address to receive notification
  • Please enter a valid email address

Use this image in your site

Copy and paste this html: